CASTELOEMFOCO
GOVERNO DO ESTADO

Ministro da Integração visita áreas afetadas por chuvas no Piauí

O ministro destacou a importância de os municípios solicitarem com urgência o reconhecimento federal do decreto de situação de emergência

Por Redação
16/04/2018, às 01:04 - Atualizado em 18/04/2018, às 23:04

Em apoio às famílias afetadas por fortes chuvas que acometeram o estado do Piauí nesta semana, o ministro da Integração Nacional, Pádua Andrade, deve se reunir neste domingo (15/04) com o governador do estado, Wellington Dias, o senador Ciro Nogueira, o presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, Themístocles Filho e os prefeitos de municípios atingidos. 

A agenda de trabalho foi acompanhada pelo secretário nacional substituto de Proteção e Defesa Civil, Élcio Barbosa, e tratou sobre as iniciativas de apoio emergencial do Governo Federal para socorro e assistência à população.

Governador Wellington Dias e o senador Ciro Nogueira acompanharam o ministro

Sensível à urgência e necessidade dos municípios, o Ministério da Integração Nacional já está analisando os pedidos de reconhecimento federal de situação de emergência das cidades. A medida permitirá que as prefeituras tenham acesso a recursos materiais e financeiros da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (SEDEC). No Piauí, a comitiva do Governo Federal visitou os municípios de José de Freitas e Campo Maior.

MAIS APOIO FEDERAL

O Ministério da Integração também tem acompanhado a evolução das chuvas nos estados do Maranhão e do Pará. Nesta semana, o ministro Pádua Andrade vistoriou as áreas atingidas por fortes chuvas que ocasionaram o rompimento de uma barragem em Paragominas (PA). Na região foi registrada uma das chuvas mais intensas dos últimos meses no País. Segundo o ministro, a prioridade neste momento é atender aos cidadãos. 

No Piauí, a comitiva do Governo Federal visitou os municípios de José de Freitas e Campo Maior

"Devemos prestar assistência às famílias e restabelecer os serviços essenciais", destacou. Entre eles está, por exemplo, a desobstrução das ruas. No caso da reconstrução de áreas afetadas, os governos estaduais e municipais têm um prazo de até 90 dias para elaborar e apresentar um Plano de Trabalho ao Ministério.

Durante a visita, acompanhada também por técnicos da Pasta, o ministro destacou a importância de os municípios solicitarem com o máximo de celeridade o reconhecimento federal do decreto de situação de emergência. Isso é feito por meio do Sistema Integrado de Informações de Desastres (S2ID). 

"É muito importante que os estados e municípios atingidos por desastres naturais encaminhe, de forma rápida à SEDEC, a documentação necessária para análise do reconhecimento federal. Pois é a partir destes dados que nós podemos agir e garantir auxílio à população", ressaltou o ministro.

Presidente da Assembleia, Themístocles Filho, participou de todas as visitas

As orientações também se estenderam ao estado do Maranhão, que nos últimos dias solicitou ajuda por meio de parlamentares e dirigentes. O ministro Pádua Andrade ressaltou que o Governo Federal está pronto a apoiar estados que sofrem com os efeitos, não só da chuva, mas de todas as ocorrências de desastres. 

"A integridade das famílias afetadas é prioridade total", afirmou.

redes sociais