CASTELOEMFOCO
GOVERNO DO ESTADO

Júlio Arcoverde defende que a escolha do vice de Wellington seja rápida

Segundo o deputado, o descontentamento existirá, por isso é necessário tempo para “maturar” a decepção de quem não foi escolhido

Por Redação
20/04/2018, às 03:04 - Atualizado em 21/04/2018, às 22:04

Se dependesse do PROGRESSISTAS a escolha do candidato a vice-governador na chapa de Wellington Dias seria feita rapidamente. Essa é a opinião do presidente da legenda no Estado, Júlio Arcoverde. O parlamentar defendeu que o governador deve definir seu candidato a vice para evitar o “sangramento” das lideranças pelo interior. O deputado, porém, revelou que não acredita em uma solução imediata e aguarda uma definição somente em junho. 

Deputado Estadual Júlio Arcoverde

“O ideal seria uma definição rápida para estancarmos o sangramento que de um lado ou de outro. Mas pelo que a gente está ouvindo e vendo as conversas acho que isso passa de maio para junho. Qualquer escolha de um vice vai criar um constrangimento e um desentendimento na base aliada, não a nós, porque nós estamos preparados para qualquer tipo de escolha. Mas quanto a aliados e líderes do interior, cada um torcendo para que o vice seja do seu partido”, disse o deputado.

Segundo Júlio Arcoverde, em todos os cenários, o descontentamento existirá, por isso seria necessário um tempo maior para “maturar” a decepção de quem não foi escolhido. 

“Qualquer escolha que for feita nós vamos precisar de um tempo para maturar com nossas lideranças essa escolha que não vai ser do partido, vai ser do governador. O Themístocles, Margarete, Flávio Nogueira ou PTB, vai ter descontentamento, agora nós como líderes dos partidos vamos ter que segurar essas lideranças do interior, conversar com essas lideranças, explicar os motivos de qualquer partido não ter sido contemplado na escolha de vice”, finalizou Júlio Arcoverde.  

redes sociais

notícias mais lidas