CASTELOEMFOCO
GOVERNO DO ESTADO

Cantor Humberto Gessinger faz show do seu novo DVD em Teresina

Com 21 CDs e sete DVDs, oito Discos de Ouro, um Disco de Platina, quatro DVDs de Ouro, o ex-Engenheiros relembra velhas composições

Por Redação
03/05/2019, às 22:05 - Atualizado em 06/05/2019, às 22:05

Após celebrar os 30 anos do lançamento da “Revolta dos Dândis”, primeiro disco do grupo Engenheiros do Hawaii, Humberto Gessinger desembarca em Teresina nesta sexta, dia 3 de maio, para um show inédito no Atlantic City. A apresentação faz parte da recém-turnê lançada “Ao Vivo Pra Caramba”, novo DVD do ex-Engenheiros.

Sucessos do álbum “A Revolta dos Dândis”, como "Terra de Gigantes" e "Infinita Highway" e canções inéditas assinadas por Humberto, como “Pra Caramba” e “Das Tripas Coração”, integram o repertório do show que o cantor realiza nesta sexta.

Humberto Gessinger nasceu em 24 de dezembro de 1963, em Porto Alegre/RS. Em 1985, com colegas da Escola de Arquitetura da UFRGS, montou a banda Engenheiros do Hawaii. O nome fazia uma brincadeira com estudantes de engenharia e surfistas que frequentavam o bar da faculdade. Apesar de se considerar, principalmente, um compositor, Humberto é músico autodidata, e, nas várias fases de sua carreira, tocou diversos instrumentos como baixo, guitarra, viola caipira, violão, teclados, bandolim, harmônicas e acordeom.

Ao final da turnê do disco “Novos Horizontes”, em 2008, foi anunciada uma pausa por tempo indeterminando nos Engenheiros do Hawaii e Humberto foi para a estrada com o projeto Pouca Vogal, um power duo em parceria com Duca Leindecker. Em quatro anos foram mais de 220 shows em mais de 150 cidades e um CD/DVD gravado ao vivo em Porto Alegre. No final de 2012 o Pouca Vogal encerrou a turnê e Humberto passou a se dedicar a carreira solo.

Em 2013 lançou seu 20º álbum, “inSULar” (STR/Stereophonica), o primeiro como artista solo e em 2014, o DVD/CD “inSULar ao vivo” (Coqueiro Verde Records), que recebeu DVD de Ouro em apenas dois meses e foi indicado ao Grammy Latino de melhor álbum de rock. Em 2016, após três anos viajando por todo Brasil com “inSULar”, Humberto Gessinger lançou a turnê “Louco Pra Ficar Legal”, e dois novos singles, “Pra Ficar Legal” e “Faz Parte”.

Em 2017, estreou a turnê “Desde Aquele Dia – 30 anos A Revolta dos Dândis”, além de lançar o compacto “Desde Aquela Noite”, com parcerias já gravadas pelos parceiros, mas inéditas na discografia de Gessinger.

Paralelamente a seu trabalho como músico, Humberto Gessinger lançou 5 livros: “MEU PEQUENO GREMISTA” fala de sua paixão pelo Grêmio. “PRA SER SINCERO” reúne autobiografia, 123 letras comentadas e um ensaio escrito pelo professor Luís Augusto Fischer. “MAPAS DO ACASO”, ao lado de memórias e reflexões divididas em “notas mentais para uma próxima vida”, traz 45 letras comentadas. “NAS ENTRELINHAS DO HORIZONTE”, que teve origem nos textos postados semanalmente no seu blog: www.blogessinger.blogspot.com. E “SEIS SEGUNDOS DE ATENÇÃO”, lançado em 2013.

“Em 33 anos de carreira, lancei oito discos ao vivo. Em todos eles – seja com os Engenheiros do Hawaii, Pouca Vogal ou solo – sempre fiz questão de colocar músicas inéditas ao lado das releituras, que sempre foram vistas como a razão de ser de um registro ao vivo. Com o tempo, entendi que estas canções formam ‘álbuns dentro dos álbuns’. Ao Vivo Pra Caramba é o trabalho em que este conceito fica mais claro. Nele, há dois trios: um acústico, outro plugado”, contou o artista.

Com 21 CDs e sete DVDs, oito Discos de Ouro, um Disco de Platina, quatro DVDs de Ouro, o ex-Engenheiros relembra as composições de diversas fases da sua carreira.

“Engenheiros do Hawaii foi a trilha sonora da minha adolescência. Assistir ao show do Humberto vai ser a realização de um sonho, tô muito animado”, comenta o estudante Bruno Pinheiro.

A abertura da noite ficará por conta das bandas Aclive e Brigitte Bardot. 

Humberto Gessinger

redes sociais