CASTELOEMFOCO
CASTELO EM FOCO WEB

Grupo petista lança manifesto por chapa pura para estadual e federal

O gestor deixou claro que não considera egoísmo a estratégia e salientou que o cenário mundial prega a mesma coisa

Por Tarcio Cruz
04/05/2018, às 22:05

“Parlamento não é lugar para coligação”, a afirmação é de um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores no Piauí, Antônio José Medeiros. O sociólogo encabeça um grupo de filiados ao PT que realizou nesta quinta-feira (03/05) uma plenária e lançou um manifesto em defesa da não coligação tanto para deputado estadual, quanto para federal. A estratégia contraria totalmente o planejamento do próprio PT, que defende o “chapão” para federal, e também da base aliada que defende o chapão para estadual.

Antônio José Medeiros, que atualmente é presidente da Fundação Centro de Pesquisas Econômicas e Sociais do Piauí (CEPRO), criticou quem defende a coligação proporcional e destacou que o partido está se adequando a lei. 

Antônio José Medeiros / Foto: GP1

“Não estamos defendendo nenhuma ideia radical e absurda, isso está na lei. Estamos discutindo não é o conteúdo da ideia, já está na lei. Estamos defendendo tática eleitoral. Eu entendo que o trabalho do Assis foi muito importante de dialogar com os outros partidos de articular para a chapa pura de deputado estadual. O PP, PTC e PR já defende a sua chapa específica, não é só o Assis, mais de 15 candidatos a deputado estadual do partido dos trabalhadores defendem essa estratégia”, disse o político.

O gestor deixou claro que não considera egoísmo a estratégia e salientou que o cenário mundial prega a mesma coisa. Coligação somente para os governos, nos parlamentos em todo mundo não há coligação. 

“Isso vai ser lei, e quando tiver a lei? O egoísmo vai ser fundamentado em Lei? Os outros partidos já participam da chapa majoritária. Coligação no mundo todo se faz para governar junto, o governo de coalizão. Todos esses partidos participam do governo. Eu acho que isso mostra a coragem do PT, mesmo com as críticas dos outros partidos o PT está querendo se mostrar com a própria cara, os partidos devem mostrar sua identidade. O próprio Marcelo Castro defende no projeto dele uma coisa e agora propõe outra. Parlamento não é lugar para coligação, parlamento é um lugar para cada partido demonstrar sua ideologia própria”, afirmou Antônio José Medeiros.

redes sociais

notícias mais lidas