CASTELOEMFOCO
GOVERNO DO ESTADO

Câmeras podem identificar quem matou engenheiro em Teresina

Para elucidar o crime a polícia está ouvindo pessoas que trabalham na obra e outras que estavam próximas ao local, além de câmeras de vigilância

Por Wesslley Sales
08/06/2018, às 23:06

Sete facadas, uma delas no pescoço, tiraram a vida do engenheiro civil Domingos Sávio de Galiza, 70 anos. O corpo foi encontrado dentro do seu próprio veículo no início da manhã desta sexta-feira (08/06) em frente a uma obra em que ele trabalhava na estrada da Usina Santana.

A perícia encontrou uma faca no interior do carro. Para os policiais da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoas, nenhum documento ou outro pertence do engenheiro tenha sido levado, portanto a única hipótese descartada é de latrocínio. Uma outra área de investigação passa a ser o relacionamento de Sávio Galiza com os outros funcionários da obra.

Para elucidar o crime a polícia está ouvindo pessoas que trabalham na obra e outras que estavam próximas ao local, além de câmeras de vigilância.

Domingos Sávio de Galiza

redes sociais